sexta-feira, 25 de novembro de 2011

PERTURBAÇÃO



PERTURBAÇÃO

É estar de cabeça vazia…
por alguém…ocupar meu espaço
…meu pensamento
e… ainda meu corpo!

Ansiosa… quem diria…
Por silencioso abraço
De envolvente sentimento
Ou… desejo… já quase morto.

Ressuscitado do acaso
Descolado… ao fundo do nada,
Perturbação que dá azo,
A uma ansiedade formada.

LÍDIA FRADE
em Amor Eterno Interregno e Silêncio

10 comentários:

MARIA DA FONTE disse...

Muito bonito. Escreve muito bem. beijinho

manuel marques disse...

Com infinita perturbação...Amei.

Beijo.

Anna D'Castro disse...

Muito bom este poema. Parabéns Lidia.
Um beijinho.
Anna

Lídia disse...

MARIA DA FONTE!!!

OBRIGADO PELA SUA VISITA E APRECIAÇÃO!!!

1 BEIJO ATÉ SEMPRE!!!
LÍDIA

Lídia disse...

OBRIGADO MANUEL!!!
PELO APOIO!!!
PERTURBAÇÃO... NÃO SERÁ PRECISO TANTO.

1 BEIJO LÍDIA

Lídia disse...

ANNA

OBRIGADO PELA VISITA, PELO APOIO!!!
1 BEIJINHO
LÍDIA

Flor de Jasmim disse...

Lídia querida
Que te direi!!! LINDOOOOOO. Adorei.
Beijinho minha amiga

Lídia disse...

QUERIDA ADÉLIA

OBRIGADO PELA LEITURA, PELO APOIO!!!

BEIJINHO AMIGA!!!
LÍDIA

Lourdes Henriques disse...

Goatei muito do seu poema amiga Lídia.
Beijinho.
Lourdes Henriques

Lídia disse...

OLÁ MAIS UMA VEZ LOURDES!!!

OBRIGADO PELO COMENTÁRIO AO MEU POEMA!!!

1 BEIJINHO LÍDIA