sexta-feira, 27 de abril de 2012

DANÇANDO........PELO DIA MUNDIAL DA DANÇA!!!



DANÇANDO

Dançando no salão
Os teus olhos,
Piscaram brilhantes,
Ao encontro dos meus.

Pegas-te minha mão.
Colamos,
Rodopiamos deslizantes
Meus pés, meus passos
Conjugaram com os teus.

Em sons de harmonia
Curvamos,
Requebramos,
Transportando nos corpos
Musica, leveza, alegria.

Vivemos,
A hora que passou
Rodámos no asfalto
Brincámos na areia
Caminhámos descalços
Na espuma, da maré-cheia
O cansaço chegou,
Na água,
Desfizemos os laços,
E o baile, ali acabou.

LÍDIA FRADE






DANÇA

Esta dança que se dança
Que rodopia e avança
Que gira, gira e não cansa

Que levemente se agita
Requebra, se entrega
Se eleva e levita.

Nesta dança que se dança
Que é arte e não cansa
Que desliza e avança

Como ondas suaves
Em mar de temperança
É uma dança tão leve

Que se dança com o vento
Entre sons musicais
Que eu escuto, ou invento.

POEMA DE LÍDIA FRADE

quinta-feira, 19 de abril de 2012

LUGAR DE MEDITAR


LUGAR DE MEDITAR

Tanta arriba tanto mar
Eu venho para meditar
Num sítio de aconchegar
Onde alargo o meu olhar
Na imensidão
Deste mar.

Até meu olhar clarear
De tanto o mar olhar
E tão profundo ficar
De em profundidade entrar
Que fique da cor do mar

E numa união perfeita
Enrolar meus pensamentos
Em ondas semi desfeitas,
E as vagas altas olhar
Tentar largar as tormentas
Foi ao mar que as atirei
Para assim o mar as levar.

Fiquei ali a pensar
Até que o dia escureceu,
Sentada no meu penhasco
Ao descansar meu olhar
Uma presença apareceu,
Sem eu sentir me envolveu
Em neblinas orvalhadas
Espumas de mar prateadas.

E já tendo do mar, o olhar
Desse mar que me entendeu,
E me deu,
Da força que tem
Alguma para me ajudar
Ao longo do meu caminhar.

POEMA DE LÍDIA FRADE

EM AMOR ETERNO INTERREGNO E SILÊNCIO



FORA DA ÉPOCA BALNEAR UM BONITO E PRAZEIROSO PASSEIO A TRÊS  

ESPINHOS DE VIDA, NA MORTE BANHADOS E BELOS

DAS DUNAS ATÉ JUNTO DA FORÇA DE VIDA QUE É O MAR

AS BELEZAS QUE JÁ FORAM VIDA
HOJE BELEZA MORTA

NA ACALMIA DE UM DIA CINZENTO


FOTOS LÍDIA E PAULO 

sexta-feira, 13 de abril de 2012

O DIA INTERNACIONAL DO BEIJO







O DIA INTERNACIONAL DO BEIJO

O verdadeiro beijo da sinceridade

D ádiva de amor, e sensibilidade
I ncrivelmente apaixonado
A vidamente esfusiante, amado,

I nteiramente retribuído, reconhecido,
N éctar de sabor e odor, diluído
T atear de lábios, de línguas,
E letrizantes e continuas,
R enascentes das entranhas
N euroses de órgãos, em libido tamanhas
A créscimo facultado, recriado,
C arência, que no beijo é transformado
I mpacto, que sobe adrenalina
O mbreia e cura mais do que aspirina
N arcótico em dependência controlada
A nestesia em cada poro, aplicada
L iberdade na dosagem saboreada.

D ádiva da criação, emanada no costume
O u, ambígua na sedução, no ser, que lhe dá lume.

B eijo quente, beijo melado, beijo ardente
E mancipado, solto, leve, e frequente
I rrequieto, fugaz, chocho, ou dado quase a favor
J orrando saber, perícia, ou embrulhado em sabor
O ndulante de emoção, é alimento do amor.

LÍDIA FRADE

quarta-feira, 11 de abril de 2012

ARTESANATO PINTURA E COLAGEM EM TELHA DE BARRO!!!



MAIS UM TRABALHO EM TELHA DE BARRO!!!

NO MEU GOSTO POR FAZER EXPERIÊNCIAS AQUI VOS DEIXO PARA VOSSA APRECIAÇÃO, MAIS UM TRABALHO DOS MEUS LIMITADOS TEMPOS LIVRES!!!

UMA HOMENAGEM A MINHA MADRINHA!!!
DA QUAL ERA MUITO DEVOTA, TALVEZ POR VIVER EM FRANÇA MUITOS ANOS!!!!


SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS

TELHA DE BARRO PINTADA A ACRÍLICOS, E COLAGENS!!!!

Infância e adolescência

Aos dois anos de idade, Teresa já tem na sua ideia seguir a vida religiosa para grande alegria da sua mãe, mas para desgosto do seu tio Isidore Guérin (seu futuro tutor sub-rogado).
Em agosto de 1876, sua mãe toma conhecimento de que padece de câncer. Quando esta falece, seu pai muda-se com as quatro filhas para Lisieux em 1877.
A prematura morte da sua mãe, quando tinha apenas quatro anos fez com que ela se apegasse a sua irmã Pauline, que elegeu para sua "segunda mãe". A repentina entrada dessa irmã no Carmelo, fez a jovem Thérèse, adoecer. Curada pela ‘Virgem do Sorriso’, imagem da Imaculada Conceição por quem seus pais tinham afeição, tomou uma forte resolução de entrar para o Carmelo.
Foi aluna no Colégio feminino da Abadia das Monjas Beneditinas de Lisieux e lá permaneceu por cinco anos, participando da Congregação Mariana para moças.[1] Porém, após sofrer muitas humilhações, saiu do Colégio e passou a receber aulas particulares.
Quase ao completar quatorze anos, no Natal de 1886, Teresa passa por uma experiência que chamou de "Noite da minha conversão". Ao voltar da missa e procurar seus presentes, percebe que seu pai se aborrece por ela apresentar comportamento infantil. A menina decide então a renunciar a infância e toma o acontecido como um sinal inspirador de força e coragem para o porvir.

WIKIPÉDIA

quarta-feira, 4 de abril de 2012

PÁSCOA ALEGRE



DOS CAFÉS PORTELA



PÁSCOA  ALEGRE

PÁSCOA CHEIA DE AMENDOAS
AMARELAS, BRANCAS E AZUIS
SABORES A QUE NÃO PERDOAS
CHOCOLATE E NATA ATÉ ANIS
ONDE AS CORES NOS SEDUZEM
ALEGRENSE… NÃO SE LAMBUZEM!!!

ALEGRIAS BEM PASCAIS
LEVANTEM ESSAS ÉTICAS MORAIS
ELEVEM O OLFATO, EM ASSADO CABRITO
GARANTAM QUE O SABOR É PORTUGUÊS
REGUEM NO TEMPERO, E SABOREEM DE VEZ
ELEGAM UM BOM TINTO!!! (NEM PENSEM… SE PÁSCOA É SÓ UM MITO...)


LÍDIA FRADE

PASCOA ALEGRE E FELIZ PARA TODOS OS AMIGOS E VISITANTES!!!

domingo, 1 de abril de 2012

ARTESANATO AS MINHAS CABACINHAS PINTADAS

AQUI VOS DEIXO MAIS UMA VEZ UMAS PEQUENAS BRINCADEIRAS ARTESANAIS QUE ADORO FAZER E ME FAZ ESQUECER TUDO, O MAIS QUE ME POSSA CANSAR!!!


NESTA ALTURA DA MINHA VIDA SÓ GOSTO DE FAZER O QUE ME DÁ GRANDE PRAZER!!!!


E TUDO O RESTO DE FRETES....OU NÃO FAÇO....OU SE O ENTENDO COMO OBRIGAÇÃO.... PROCURO NÃO PENSAR NO FRETE!!!


ESTAS CABACINHAS  TENHO AS JÁ ALGUNS ANOS!!! APANHEI-AS ABANDONADAS E SEM LHE DAREM O MÍNIMO VALOR.... NA HORTA DA MINHA MADRINHA LÍDIA!!!