sábado, 19 de março de 2016

DIA DO PAI***** 19 DE MARÇO



PAI


DIA DO PAI


Eu louvo todos os pais
Que neste século vinte e um
São pais de querer, e amar
De muitas fraldas trocar
De levar saco canguru
De aconchegar seu rebento
Sem constrangimento algum.

Eu louvo todos os pais
Que em choros de altas noites
Conseguem aliviar
Das mães e filhos seus ais,
Os que dão papas à colher
Ou fazem o leite sem coagular,
Os que empurram seu carrinho
Levando-os a passear
Cheios de amor e vaidade
Mostrando o seu verbo amar.

Eu louvo todos os pais
Que conseguem educar,
Mostrar a Vida, a Natureza
Aos quês e porquês, dar a certeza
Na escola, o levar e ir buscar
Que é de importância vital
Esse sempre acompanhar.

Eu louvo todos os pais
Que acompanham seus filhotes
Os levam à natação,
Ao caraté pois então,
Ao teatro, à exposição
E não só ao futebol.

Eu louvo todos os pais
Mesmo os de outras gerações
Os que sentiam vergonha
De manifestar carinho
Sentimentos, Expressões
Os que nunca deram colo
Nem afago, nem consolo,
Os que incutiam o medo
Porque o medo… era o respeito
E tudo o que tinham para dar
Sem deixar sair o amor do coração
Que lhes batia no peito.


Lídia Frade 



http://lidyhart.blogspot.com/ NÃO DEIXE DE VISITAR!!! PELOS CAMINHOS DO RIBATEJO

2 comentários:

Luis Coelho disse...

Quem louva o Pai deste modo, só pode ter tido um assim.
Ainda que não fosse perfeito, mas era quem nos amava e se doava com amor e com respeito.

Lídia Frade disse...

É VERDADE LUÍS
OS TEMPOS MUITO MUDARAM
HOJE AS MÃES E OS PAIS SÃO DIFERENTES,E NA VERDADE ATÉ NÓS JÁ FOMOS PAIS DIFERENTES DOS NOSSOS.

OBRIGADO PELA VISITA

1 BEIJO LÍDIA