sexta-feira, 25 de março de 2011

QUE FUTURO


QUE FUTURO





O PEC, foi barro atirado á parede


Num vai ou racha… de desespero sentido,


De um folgo… numa luta decadente


Sem solução… apenas um não garantido




País em fundo… envergonhado, contido


Mais eleições… mais gastar, do que não À


Mais discursos… e lavar de roupa… incontido


Guerra de galos… por poleiro, agora e JÁ




Um novo rumo…neste País, toda a incerteza terá


Tudo adiado, nada feito, e, tudo comprometido!


Por uma guerra de excessos, o futuro qual será?




Quem nos garante, as expectativas e direitos?


Teremos nós! De procurar nosso sentido


Seremos nós! A proclamar nossos conceitos!




LÍDIA FRADE

4 comentários:

flor de jasmim disse...

Lídia
Tem miminho no meu cantinho.

O que temos mais certo é um futuro sem garantias. Politicos por convicção já lá vai o tempo, agora apenas existem interesses e que vamos pagar um preço bem alto.
Beijinho bom fim de semana

Lídia disse...

Querida Flor
Tem toda a razão!!!

Mas temos de seguir em frente!!! E aja saude!!!

Obrigado pelo selinho, mas confesso que nem sei como aolicar!!!

1 beijinho Lídia

Maria disse...

Amiga passei para lhe desejar um maravilhoso Domingo.
Beijinhos
Maria

Lídia disse...

Obriga do querida Maria!!!
Desejo-lhe também um feliz domindo!!!
1beijo Lídia