quinta-feira, 15 de setembro de 2011

REVOLTA



REVOLTA



Cantei-te amor

Foste pedra

Ao meu calor

Foste indiferença

Fui teu penhor

De inconsciência

Ou bibelot que

Com prazer se quebra.



Porque reclamas agora

O que destruíste em mim?

Tudo tem começo e fim

Em tudo á tempo de ação

De espera, de compreensão.

Mas como tudo se esgota

Esgotada estou, no momento

A tudo fechaste a porta

Causando o meu sofrimento.



Não penses que é por castigo

Sempre amei com o coração

Mas na verdade que digo

Está até minha aflição

Pensar que será de mim

Nesta apatia, indiferente,

Só desejo ter chegado o fim

Do teu pisar, no meu ser gente.



Lídia Frade



1997 em Uma Pedra no Charco

7 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Lidia
uma "revolta" linda que adorei ler.
Beijinho muito grande

Lídia disse...

Obrigado Adélia!!!
hoje já nada disto, ou o que engloba sentimentos existe.... apenas o contexto poético, e como o blog é meu, tudo faz parte de mim, tudo é parte da minha vida, vou colocando, pois está tudo editado em livro também.
1 beijo Lídia

Evanir disse...

Que a Paz e o Amor estejam sempre presente em sua vida Sinta o que você diz...
Com carinho! Diz o que você pensa. Com esperança! Pense no que você faz.
com fé! Faça o que você deve fazer. Com muito AMOR. Sabe..
Eu ganho força,coragem e confiança E me sinto Feliz Através de cada mensagem que
VOCÊ me envia Continue me abençoando com seu carinho OBRIGADA DE CORAÇÃO
Beijinhos com muito carinho.
Evanir

Lídia disse...

QUERIDA EVANIR!!!

AS SUAS PALAVRAS SÃO SABEDORIA QUE SABE SEMPRE BEM LER!!! ATÉ RELER!!!
COMO FIZ AGORA!!!

1 BEIJO AMIGA!!!

ATÉ SEMPRE LÍDIA

Daniel Cristal disse...

Linda poesia, cheia de sentimento, um pouco amarga pela falta de correspondência no amor manifestado. Agradeço muito a sua crítica a textos do meu blogue. Seja sempre feliz, porque merece, procurando superar da melhor forma os desgostos da vida, pois eles existem em todos nós, mas estão dentro para serem superados pela sua expurgação.
Beijinho agapiano para v/c,
DC

elvira carvalho disse...

Vim agradecer a visita e conhecer o seu espaço. Gostei do poema. Também vi que já tem um livro publicado. Parabéns.
Um abraço e bom fim de semana

Lídia disse...

OBRIGADO DANIEL!!!!
OBRIGADO ELVIRA!!!!

BEIJINHOS LÍDIA