domingo, 18 de setembro de 2011

SAUDADES.........APENAS UM POEMA!!!!



SAUDADES



Nome de flor

Melancolia

Pedaços de amor

Vivido um dia

Saudades da esperança

Que eu sentia

Da ilusão

Que me envolvia

Das lembranças

Que guardei

Do amor vivido

Em frenesim

Do êxtase total

Que guardo até hoje

Só para mim.



Quantas? Meu Deus

Povoam estes meus

Já longos dias

Perdas de alma

E mãos vazias,

SAUDADES

Que procuram crescer

Nos meus sentidos,

Ecoando como gemidos

Em gruta oca,

Grito dorido

Morrendo em minha boca.



LÍDIA FRADE



1999  EM UMA PEDRA NO CHARCO

4 comentários:

Luís Coelho disse...

Saudades que nos povoam nos dias vazios e quentes de desilusão.

Bonito e dinâmico este poema.

Flor de Jasmim disse...

Lídia
Saudades principalmente daqueles que perdi, saudades que me destróiem no dia a dia.
Beijinho Lídia

Lídia disse...

UM GRANDE OBRIGADO LUÍS!!!
PELA SUA VISITA, PELAS SUA PALAVRAS!!!

1 BEIJO LÍDIA

Lídia disse...

ADÉLIA OBRIGADO!!!

NADA SE PODE MUDAR...APENAS TENTAR QUE AS SAUDADES SEJAM APENAS DE COISAS BOAS!!!

1 BEIJO AMIGA E BOAS FÉRIAS!!!

LÍDIA